Quarta-feira, 16 de Julho de 2008
Férias

 

ATÉ JÁ

 

 

 

                               

 

 

 

 

                                                                


 


tags:

publicado por tudoanorte às 11:27
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Vizinhança



publicado por tudoanorte às 11:19
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 14 de Julho de 2008
Um pouco de música

 

http://www.ilike.com/artist/Pedro+Abrunhosa/track/Tudo+O+Que+Eu+Te+Dou

 


tags:

publicado por tudoanorte às 18:19
link do post | comentar | favorito

Um aquário!... Para descontrair

 

 


Clique no link http://www.sharkbreak.com/  e mova o mouse.
Para mudar o fundo clique nas imagens do lado direito e para mudar de peixe clique nas imagens à esquerda!!!


 

tags:

publicado por tudoanorte às 18:03
link do post | comentar | favorito

BOICOTE



publicado por tudoanorte às 16:36
link do post | comentar | favorito

Domingo, 13 de Julho de 2008
Não te amo

Não te amo, quero-te: o amor vem d'alma.
E eu n'alma - tenho a calma,
A calma - do jazigo.
Ai! não te amo, não.

Não te amo, quero-te: o amor é vida.
E a vida - nem sentida
A trago eu já comigo.
Ai! não te amo, não!

Ai! não te amo, não; e só te quero
De um querer bruto e fero
Que o sangue me devora,
Não chega ao coração.

Não te amo. És bela; e eu não te amo, ó bela.
Quem ama a aziaga estrela
Que lhe luz na má hora
Da sua perdição?

E quero-te, e não te amo, que é forçado,
De mau, feitiço azado
Este indigno furor.
Mas oh! não te amo, não.

E infame sou, porque te quero; e tanto
Que de mim tenho espanto,
De ti medo e terror...
Mas amar!... não te amo, não.

 

                  Almeida Garrett


tags:

publicado por tudoanorte às 19:03
link do post | comentar | favorito

Pensamento



publicado por tudoanorte às 18:47
link do post | comentar | favorito

ANEDOTA DO DIA

Dois leões fugiram do Jardim Zoológico.
Na fuga, cada um tomou um rumo diferente.
Um dos leões foi para as matas e o outro foi para o centro da cidade.
Procuraram os leões por todo o lado, mas ninguém os encontrou.
Depois de um mês, para surpresa geral, o leão que voltou foi justamente o que fugira para as matas.
Voltou magro, faminto, alquebrado.
Assim, o leão foi reconduzido à sua jaula.
Passaram-se oito meses e ninguém mais se lembrou do leão que fugira para o centro da cidade, quando um dia, o bicho foi recapturado.
E voltou ao Jardim Zoológico, gordo, sadio, vendendo saúde.
Mal ficaram juntos de novo, o leão que fugira para a floresta perguntou ao colega:
- Como é que conseguiste ficar na cidade esse tempo todo e ainda voltar com saúde? Eu, que fugi para a mata, tive que voltar, porque quase não encontrava o que comer...
O outro leão então explicou:
- Enchi-me de coragem e fui esconder-me numa repartição pública. Cada dia comia um funcionário e ninguém dava por falta dele.
- E por que voltaste então para cá? Tinham-se acabado os funcionários?
- Nada disso. Funcionário público é coisa que nunca se acaba. É que eu cometi um erro gravíssimo. Já tinha comido o director geral, dois superintendentes, cinco adjuntos, três coordenadores, dez assessores, doze chefes de secção, quinze chefes de divisão, várias secretárias, dezenas de funcionários e ninguém deu por falta deles! Mas, no dia em que comi o desgraçado que servia o cafezinho... Estraguei tudo!


tags:

publicado por tudoanorte às 18:43
link do post | comentar | favorito

Sábado, 12 de Julho de 2008
Sinalização



publicado por tudoanorte às 18:44
link do post | comentar | favorito

Sem Remédio


Aqueles que me têm muito amor
Não sabem o que sinto e o que sou...
Não sabem que passou, um dia, a Dor
À minha porta e, nesse dia, entrou.

 

E é desde então que eu sinto este pavor,
Este frio que anda em mim, e que gelou
O que de bom me deu Nosso Senhor!
Se eu nem sei por onde ando e onde vou!!

 

Sinto os passos de Dor, essa cadência
Que é já tortura infinda, que é demência!
Que é já vontade doida de gritar!

 

E é sempre a mesma mágoa, o mesmo tédio,
A mesma angústia funda, sem remédio,
Andando atrás de mim, sem me largar!

 


               
Florbela Espanca


tags:

publicado por tudoanorte às 18:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sou assim :
pesquisar
 
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Piercings

Tão novinho e já sabe ver...

Teste de Atenção

A escultura do dia

Gradeamento oiginal !?...

Gripe A: 75% dos casos fa...

O poema do dia

Original !...

A anedota do dia

Abrilhantador !!??....

arquivos

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

tags

todas as tags

favoritos

...e assim...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds