Terça-feira, 29 de Setembro de 2009
Invenção idiota !?...

    

     



publicado por tudoanorte às 12:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Contagem decrescente

  

      



publicado por tudoanorte às 11:46
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009
Sinalização



publicado por tudoanorte às 18:13
link do post | comentar | favorito

A anedota do dia

 

Os pais do Joãozinho convidaram um casal amigo para um jantar lá em casa.

Sabendo como era o seu filho, o pai do Joãozinho chama-o e pede-lhe
encarecidamente para ele não fazer comentários acerca das orelhas do filho
do casal amigo, que pura e simplesmente não tinha as ditas.

Na hora marcada o casal amigo chegou, e nisto o Joãozinho corre logo para a
porta para verificar se efectivamente o rapaz tinha ou não orelhas, e
realmente constatou que era mesmo verdade, o rapaz não tinha orelhas.

Durante o jantar o Joãozinho não tirava os olhos do rapaz, até que não
conseguiu resistir e perguntou ao rapaz:

- Tu vês bem?

- Vejo. (respondeu inocentemente o rapazinho)

- Deus te conserve a vistinha ... É que se um dia tiveres que usar óculos estás f*.....!!!

 

 

                                       


tags:

publicado por tudoanorte às 18:08
link do post | comentar | favorito

Gripe e publicidade

       

           



publicado por tudoanorte às 17:56
link do post | comentar | favorito

" Vive "

 

           Vive, dizes, no presente,
Vive só no presente.

Mas eu não quero o presente, quero a realidade;
Quero as cousas que existem, não o tempo que as mede.

O que é o presente?
É uma cousa relativa ao passado e ao futuro.
É uma cousa que existe em virtude de outras cousas existirem.
Eu quero só a realidade, as cousas sem presente.

Não quero incluir o tempo no meu esquema.
Não quero pensar nas cousas como presentes; quero pensar nelas
como cousas.
Não quero separá-las de si-próprias, tratando-as por presentes.

Eu nem por reais as devia tratar.
Eu não as devia tratar por nada.

Eu devia vê-las, apenas vê-las;
Vê-las até não poder pensar nelas,
Vê-las sem tempo, nem espaço,
Ver podendo dispensar tudo menos o que se vê.
É esta a ciência de ver, que não é nenhuma



                   Alberto Caeiro


música:
tags:

publicado por tudoanorte às 17:32
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009
A escultura do dia

   

 

 

       



publicado por tudoanorte às 18:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Teste de atenção

            

                  

 

                 Se demorou mais que 30 s a ver

                 o biquini, então não passou no teste


tags:

publicado por tudoanorte às 18:07
link do post | comentar | favorito

Música de sempre !...

 

          

 

                        MARIA BETÂNIA

  

 

          http://www.youtube.com/watch?v=vvwS9-e0dzM


tags:

publicado por tudoanorte às 18:00
link do post | comentar | favorito

A propósito de eleições !...

 

 

            



publicado por tudoanorte às 17:40
link do post | comentar | favorito

Sou assim :
pesquisar
 
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Piercings

Tão novinho e já sabe ver...

Teste de Atenção

A escultura do dia

Gradeamento oiginal !?...

Gripe A: 75% dos casos fa...

O poema do dia

Original !...

A anedota do dia

Abrilhantador !!??....

arquivos

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

tags

todas as tags

favoritos

...e assim...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds